Galeria VIP Só Fotos

Lupercio Abatti

Financeiro

Cristiano Brasil

Em foco

Tânia Duarte

Espaço VIP

Vivi Felisbino Ramos

Colunista

Cristiano Brasil
Financeiro
Cristiano Brasil
Financeiro

 

O seu corpo fala, suas expressões faciais falam, muito mais do que a sua boca

A comunicação entre os seres humanos não está limita a linguagem. Os homens quando ainda moravam em cavernas já se comunicavam sem nenhuma linguagem. Já na nossa era, os bebês ao nascerem já estabelecem uma comunicação primeiramente com a Mãe e depois com o Pai e depois com as demais pessoas do convívio, somente com o olhar, com o chorar, com o sorrir.

 

E ao crescer, você continua se comunicando o tempo todo, mesmo que você não abra a boca, pois o seu corpo se comunica, suas micro expressões faciais mostram o que realmente você está sentindo e consequentemente podemos até avaliar o que você poderia estar pensando de acordo com o sentimento lido em suas expressões, postura corporal, entonação de voz, entre outros sinais. Isso é a chamada comunicação não verbal. 

 

Alguma vez, você já se pegou falando algo que não gostaria de estar falando, talvez uma pequena mentira, onde você fazia uma afirmação, no qual estava dizendo SIM para alguma coisa e inconscientemente você balança a cabeça para um lado e outro, claramente dizendo NÃO?  Pode ser que nunca tenha percebido isso, mas é provável que já tenha feito, pois isso não é racional, isso é a nível inconsciente.

 

Ou então, quando estava falando com alguém e essa pessoa de certa forma não lhe agradou, você não gostou dessa pessoa, desde a primeira vez que a viu. Muitas reações começam a se apresentar e manifestar em seu rosto, em seu comportamento, entre outros sinais.

 

O que você anda comunicando com sua esposa ou seu esposo? O que você anda comunicando com seus filhos?

 

O que você anda comunicando a seus filhos com suas atitudes e comportamentos, pois a criança vê o pai ou a mãe fazendo e ela simplesmente repete as atitudes ou comportamentos. Ela replica e toma isso como algo normal. Tem comunicado boas atitudes?  Bons comportamentos?

 

Ao falar com sua esposa ou esposo, tem amor e carinho no olhar? Ou nem olha direito para a outra pessoa?  Qual foi a última vez que você olhou dentro dos olhos da sua esposa ou do seu esposo e o fitou por mais de 2 minutos?

 

Como vai ser as atitudes de uma criança ao ver os pais jogarem lixo no chão?  Ao verem os pais serem ríspidos e grosseiros entre si e com os filhos?  Qual vai ser os comportamentos de uma criança, na fase adulta, ao ver o pai espancando a mãe e a todos a seu redor?  Ao ver o pai ou a mãe fumando, bebendo ou usando drogas?

 

Qual vai ser o comportamento de uma criança que vê diariamente o pai ou mãe reclamar que o dinheiro é ruim, que o dinheiro só traz desgraças, que o dinheiro é sujo, que trabalhar é penoso, que trabalhar é ruim e que o bom mesmo é ficar de pernas pra cima, sem fazer nada.

 

Qual a comunicação que está sendo feita a essa criança?

 

O quanto você tem comunicado coisas boas a seus filhos e a todos que vivem ao seu redor?

 

Seu corpo fala, suas atitudes falam, seus comportamentos falam e sua boca também fala.

 

Mas são os maus exemplos que levam ingênuas crianças a se tornarem adultos problemáticos, adultos violentos, adultos abusivos, adultos fracos emocionalmente, adultos depressivos, adultos suicidas.

 

Qual o exemplo que você tem dado?

 

 

Cristiano Brasil

* Os textos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva de seus autores!
Revista Online
Jornal Online