Galeria VIP Só Babados

Lupercio Abatti

Galeria VIP Só Fotos

Lupercio Abatti

***Almas Gêmeas***

Almas Gêmeas

Financeiro

Cristiano Brasil

Em foco

Tânia Duarte

Cotidiano

Everaldo Passos(Belada)

Pela Fé

Advilton de Medeiros

Espaço VIP

Vivi Felisbino Ramos

Notícias

Araranguá – Presidente da Câmara participa de reunião com Sine e Ifsc para viabilizar curso que atenda uma nova demanda de mercado

 

Araranguá – Presidente da Câmara participa de reunião com Sine e Ifsc para viabilizar curso que atenda uma nova demanda de mercado

 

            O presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Daniel Viriato Afonso, acompanhado do secretário de Administração do município, Auderi Castro, da coordenadora regional do Sine, Palmira Afonso e do empresário do ramo de confecção de roupas femininas, André Savio, participaram de uma reunião com a direção do IFSC do campus de Araranguá na tarde desta sexta, 11. O objetivo do encontro foi estudar maneiras de viabilizar novos cursos que qualifiquem novos profissionais para operar máquinas de costura.

            É que uma das  maiores demandas de vagas no Sine atualmente é este perfil de profissional, mas pela falta de mão de obra qualificada, muitas empresas estão encontrando dificuldade para contratar. O empresário André,  que acompanhou a  conversa é um dos exemplos. Com uma confecção instalada na cidade que presta serviço para grandes marcas nacionais, existem vagas sobrando e que não conseguem ser preenchidas por falta de experiência profissional. “Empresas de outros municípios e regiões do país tem interesse na qualidade do produto local, de terceirizar a confecção de suas roupas, mas encontramos dificuldades neste ponto que impede de expandir o mercado”, contou o empresário.

            Ficou definido que os técnicos do IFSC estudarão a forma como este curso deverá ser dado, de acordo com informações que serão colhidas com as empresas a respeito do perfil necessário de funcionário. A administração municipal com o apoio da presidência da casa, analisará com estes dados, a forma de contribuir com a execução do projeto e o Sine encaminhará pessoas que estão em busca de emprego para a instituição de ensino. Na próxima semana, as providências já começam a ser tomadas. “Temos que nos ater a este novo nicho de mercado. Se as empresas querem nossa mão de obra, precisamos criar mecanismos para os profissionais se qualificarem. E não mediremos esforços para isso!”, disse o presidente, Daniel.

 

 

 

Colaboração: Morgana Daniel – Assessora de Imprensa 

Outras Notícias

Revista Online
Jornal Online